Vamos Ler - Leitura e publicação gratuita de poesias
Veja também: Explorando e Aprendendo | RapiDicas | Sou Balada

2008-10-03

O choro e a arte

Num prédio nobre
Onde a vida era a incógnita ao redor
Um momento de abertura
Nas cores da antigüidade
Que se tornava o presente na memória
Num quadro artístico da infância
Jogado nas tintas negras da história
Vi laços de minha origem
Angústia e lembrança
Se misturaram na concretude lágrima.
O percurso além da vontade
ahhh ...história?
Era apenas a repressora dos sonhos.

Agora,
Cores antigas e novas
Conversaram com minha história
Dialogaram com os sonhos.
A visão do antigo e novo
Era meu real perdido
A expressão de um antigo e novo ser
O encontro dúbio de meu resgate
Contrastes da vida
Que libertaram minha face
Numa identidade revelada
Quando vi em choro
a arte na lágrima das cores.

Fabiane Linhares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publique gratuitamente seus textos nesse site! Saiba mais.

Últimas Dicas do Explorando e Aprendendo

Música eletrônica de graça no www.soubalada.com