Vamos Ler - Leitura e publicação gratuita de poesias
Veja também: Explorando e Aprendendo | RapiDicas | Sou Balada

2006-06-21

Hino do Universo (Marcos Vicente)

Hino do Universo

(música: Hino Nacional brasileiro)
- Parte I -

No princípio se moviam entre as águas
Um povo setenário, límpido, vivificante
Quinhão unido no centro do infinito
Brilham no céu até esse instante

Seu fulgor, é espargido
E os sete formam o paraíso
Seu esplendor, de igualdade
Em nosso peito é o amor da eternidade

Ó Sol amado,
Idolatrado
Salve! Salve!

Édem, cristal envolto de manto negro,
No teu ranger os raios aparecem
Tua imagem girando, no cruzeiro resplandece
Os que dormem, no teu seio à terra desce

Gigante pela própria natureza
És forte, belo, colosso que espelha
O firmamento do meio dia

Gelo adorado,
Das sete cores
És tu dourada
A Pátria amada

Dos filhos deste solo
Que em Cristo
Dormiu!

- Parte II -

Deitada no seu seio gira eternamente
Nossa terra com o mar profundo
Firmada nos extremos pelo mar de vidro
No céu oculto em trevas nesse instante

O seu giro, é infinito
Dando órbita ao nosso paraíso
Nos seus campos, tem a vida
Vida eterna firmada em Cristo

Ó Sol amado
Idolatrado
Salve! Salve!

Jardim, de amor eterno seja símbolo
O firmamento que no céu resplandece
E diga ao povo heróico espargido
Paz no futuro e glória no passado

Mas, se ergues da justiça a espada aguda
Até mesmo os que no mar habitam
Sendo filho teu não foge a luta

Gelo adorado,
Das sete cores
És tu dourada
A pátria amada

Dos filhos deste solo
Que em Cristo
Dormiu!

Marcos Vicente Picão
29/11/2004

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publique gratuitamente seus textos nesse site! Saiba mais.

Últimas Dicas do Explorando e Aprendendo

Música eletrônica de graça no www.soubalada.com